Quem me ins(pira)?



Há textos que parecem ter sido criados para nos lerem, ao invés de serem lidos por nós. 
Entre os grandes nomes da literatura, selecionei os que mais me agradam, bem como os trechos prediletos. 
Segue.


Paulo Leminski

Paulo Leminski

"Pelos caminhos que ando, um dia vai ser, só não sei quando."

Machado de Assis

Machado de Assis 

"Há coisas que melhor se dizem calando"

Caio Fernando Abreu

Caio Fernando Abreu

"Ando meio fatigado de procuras inúteis e sedes afetivas insaciáveis."

Mario Quintana

Mario Quintana 

"Quantas vezes a gente, em busca da ventura, procede tal e qual o avozinho infeliz: em vão, por toda parte, os óculos procura tendo-os na ponta do nariz!"

Clarice Lispector

Clarice Lispector 

"Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada."

Ferreira Gullar

Ferreira Gullar 

"Uma parte de mim
é só vertigem:
outra parte,
linguagem.."