quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Meu casamento

                                                          Coração aos pulos:
                                                             a alma sedenta
                                                            saindo do casulo.


Fez frio. Para segurar o cabelo, muito mousse, muito fixador. Já o coração, ninguém conseguiu controlar: saltitava dentro do peito, feito bateria de escola de samba. 
Teve florista entrando ao som de Vivaldi , noivo pisando o tapete vermelho com Michelle, dos Beatles, homenagem linda dos padrinhos que cantaram "Eu só quero um amor/ Que acabe o meu sofrer/ Um xodó pra mim, do meu jeito assim/ Que alegre o meu viver".
Coisa linda de ouvir. 
Teve noiva de sapato vermelho, buquê trancado com chave, solteiras com a sorte na mão, lencinho para as lágrimas de alegria, bolo daqueles que exigem repeteco, pajem com plaquinha de lá vem a noiva, sapatinho-chaveiro para os convidados e muita, muita felicidade.
Foi lindo.


3 comentários:


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)