segunda-feira, 3 de junho de 2013

Palpite la vie

O precioso líquido, o alfa, o princípio, escorria por entre os dedos, batizava as coxas e manchava o lençol numa desvairada sinfonia...
Ocorreu-me dizer-lhe que naquela sagrada bebida e dança de serpentes havia vida, havia paz, havia êxtase.
Calei-me.
E entre espasmos , suspiros, ápices ais, gozei.

Gozamos.

Michele Pupo é graduada em Letras e especialista em literatura.
Autora dos livros "Meus Devaneios" e "Vastas emoções, vagas promessas"

Nenhum comentário:

Postar um comentário


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)