quinta-feira, 21 de março de 2013

Sinto saudade

Sinto saudade das confidências adolescentes trocadas com a melhor amiga debaixo de um abacateiro.
Sinto saudade do livro aberto, do balanço da rede, sem hora para acabar.
Sinto saudade do filme assistido por puro prazer.
Sinto saudade da conversa solta, sem agenda, nem relógio.
Sinto saudade dos castelos de areia construídos aos 15 anos.
Sinto saudade do sono gostoso e sem sustos.
Sinto saudade das férias na casa do vovô.
Sinto saudade de tudo que já tive e já não tenho mais.
É por isso, já dizia Vinicius de Morais, que a coisa mais divina que há no mundo é viver cada segundo, como nunca mais. 






3 comentários:

  1. Uma gota de amor é mais que um oceano de intelecto.
    Blaise Pascal


    [todo amor pra tu, menina poetisa que amo]

    ResponderExcluir
  2. Muita coisa muda com o tempo, tb sinto saudades de algumas coisas. ..Abraços. CArlos Medeiros....http://grandeonda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oiii
    nossa o blog ta lindo de cara nova! Faz tempo que eu andava fora da blogosfera...
    tambem tenho saudades de tanta coisa... vou nadando na saudade, para ela nao me afogar...
    bjsss

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)