quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Brasil, mostra tua cara.


Chamo-me Renan Calheiros. Fui acusado em 2007 da compra de rádios em Alagoas, em sociedade com João Lyra, em nome de laranjas; de ganho com tráfico de influência, junto à empresa Schincariol, na compra de uma fábrica de refrigerantes, com recompensa milionária; do uso de notas fiscais frias, em nome de empresas fantasmas, para comprovar meus rendimentos; da montagem de um esquema de desvio de dinheiro público em ministérios comandados pelo PMDB; e da montagem de um esquema de espionagem contra senadores da oposição ao governo Lula. 
No momento, estou sendo acusado novamente por: peculato (desvio de dinheiro público), falsidade ideológica e uso de documento falso. 
Nesta terça-feira, com uma tremenda cara de pau, apresentei no Senado, uma série de medidas para reduzir gastos e promover mais transparência na Casa. Prometi aos inertes desta nação, que as medidas de redução de despesas aproximará o Senado da população.
Muitos cairão como patinhos e eu continuarei impune.
Brasil, um país de tolos.

(Michele Pupo sendo Renan por dois minutos)

Um comentário:

  1. O Brasil tem uma população muito sem vergonha na cara, infelizmente!

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)