terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Não quero meu nome em uma lata de refrigerante


O que é algo ou alguém sem um nome?
É nada. É coisa. 
Eu sou nome. Um nome que construo a cada dia. Um nome ao qual dou significado. Um nome que elevo e dignifico.
E não quero meu nome na lata de um refrigerante.

10 comentários:

  1. Mesmo assim eu guardei uma lata de refrigerante com meu nome, por uns três dias, acho que isso é o máximo que consigo dar de importância a isso... rsrs. Depois foi pro lixo mesmo... rsrs.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Eu nem tenho. auhssahusahu

    Mi, saudades mesmo. Eu tô trabalhando e naquela rotina de quando tenho tempo tô com o namorado, vai piorar mesmo quando começar a faculdade novamente. Enfim, nem sabia que você estava namorando. FELICIDADES, espero que dê certo pra você, assim como pra mim! Se cuida e gosto muito de você. beijos

    ResponderExcluir
  3. Juliana

    Eu estou desfrutando das férias, mas daquele jeito: faço uma revisão de texto aqui, passo uma roupa lá, e assim vai... Fiquei feliz com sua visita. Desejo felicidade dupla para você.

    Um beijão

    ResponderExcluir
  4. Ai... só de pensar que - naquele videozinho de final de ano do TPM - eu coloquei teu nome numa lata de refrigerante já me mata de vergonha agora... hehehehe! Mas juro que a intenção foi boa!!!
    Maravilha de texto, Michelindona!!!! Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Fred


    Menino! Perdoe-me! Só hoje vi o teu post da latinha de refri. Não me referi a ele. Estava pensando no consumismo desenfreado, no capitalismo, no markenting apelativo... O agrado, vindo de você, é uma honra!

    Beijão

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)