sábado, 11 de agosto de 2012

Deixa a mão...

Deixa a mão escorregar
numa dança de espumas.
Deixa a mão correr
pelas curvas e dunas.

Deixa a mão roçar
a pele branca e nua
Deixa  a mão tocar
as ondas de seda pura.

Deixa a mão, os dedos
o movimento e o sentidos...
Deixa a mão sem medo
sumir em meus abismos.



2 comentários:

  1. Adorei. Você é extremamente talentosa.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo, li deslizando, como se minhas mãos escorregassem por uma seda perfeita....

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)