sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Capitulando

Fica comigo, com minha calmaria, meus maremotos, redemoinhos, marés e (olhos de) ressaca.

6 comentários:

  1. E existe outra maneira de ficar de verdade? A não ser com a verdade inteira, com todas as grandiosidades e besteiras que coexistem em cada um de nós? Fica-se, ama-se pela totalidade, pela insanidade de tentar ser são e ser tão, ao mesmo tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossas eternas contradições. :)

      Um abraço, Helcio

      Excluir
  2. Pedindo assim, tem quem não fique?

    Saudades dos teus devaneios, Michele Pê!

    ResponderExcluir
  3. Quem me conhece, não me compra... rsrs

    Bjs

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)