quarta-feira, 6 de junho de 2012

Um conto e um canto de alegria

Um conto: O livro dos espelhos

- Toma, Clarice. É teu.
- Já li este livro até o fim
- Então, pode me dizer se o que escrevo é bom ou ruim?
- Eu não sou uma profissional... eu sou uma amadora e faço questão de continuar sendo. Que Deus vos abençoe então e este livro acaba bem.
- Clarice, este livro é sobre mim, mas fala de você.
-  Eu sei que este livro não é fácil, mas é fácil apenas para aqueles que acreditam no mistério.
- Eu acredito. Eu acredito em você. Por causa de você que inventei Mariana.
- Isto afinal é um diário ou duplo diário?
- É o que chamo de inspiração.
- A inspiração é como um misterioso cheiro de âmbar. 
- A inspiração é coisa sagrada, Clarice.
- Pois escrever é coisa sagrada.
- E muda alguma coisa?
- Não altera em nada. Não altera em nada. Eu escrevo sem esperança de que o que escrevo altere qualquer coisa. 
- Eu, enquanto escritora, devo ter algum papel na sociedade?
- O de falar o menos possível.
- Mas eu falo porque me sinto só...
- Estou bastante acostumada a ser só, mesmo junto dos outros. 
- Minha amiga, "me transformei na própria esperança da alegria!" Este livro, eu, você, Mariana... somos uma só... somos a angústia, a esperança, a alma límpida e a cara lavada de todas as mulheres que sentem...
- Que a paz esteja entre nós, entre vós, entre mim.
- Se alguém nos ler, será por conta própria e autorrisco. Não é assim?
- O pior plágio é que se faz de si mesmo.
- Pois que assim seja.
- Posso então descansar.


Nota: Este texto pretende ser um conto. Todas as falas em negrito e itálico  são de autoria de Clarice Lispector e foram retiradas das seguintes obras:

- Um sopro de Vida, Rio de Janeiro. Rocco, 1999.
- Correspondências, Rio de Janeiro. Rocco, 2002.
- Entrevista concedida a Júlio Lerner em 1977. 


Todas as demais frases são minhas e a organização do texto é um trabalho experimental meu.

Boa leitura!
 __________________________ x________________________

Um canto de alegria

Quando realizamos um sonho, nos sentimos imensamente realizados. Mas, quando ele ultrapassa as expectativas, ficamos estupefatos, num torpor que nos faz flutuar por sobre nuvens.
Sendo assim, é com imensa satisfação que anuncio a vocês, meus queridos leitores e incentivadores, o nascimento de meu segundo livro.
O romance foi aprovado pela editora como sendo "inovador, profundo e bem construído, com uma linguagem leve e fluída. Em síntese: um excelente trabalho!".
Agora é só aguardar e conferir!
Lançamento previsto para dezembro. 
Por enquanto manterei sigilo sobre título da obra e conteúdo, mas em breve trago novas notícias.

Vida longa aos meus escritos.
Vocês me acompanham?
Beijão e um feriado lindo!


17 comentários:

  1. Aii, Miiiiiiiiiii que delíciaaaa!!!

    Eu acho que já sei do que se trata, mas tu fazes bem em manter sigilo! Oooopa, temos muito o que conversar sobre isso! Uau! Amei a notíciaaa!


    \o/

    ResponderExcluir
  2. Uauuuuuuuuuuuuuuuu!!!
    E ainda nem consegui adquirir o primeiro!!
    Que maravilha! Parabéns!!
    Estou muito, muito feliz por você!!
    Sucesso!!!!!!!!!!!

    Beijinhos!♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari

      Não seja por isso (rsrs):

      Está disponível em:

      http://www.editoramultifoco.com.br/literatura-loja-detalhe.php?idLivro&idProduto=855

      http://www.livrariacultura.com.br/scripts/busca/busca.asp?palavra=michele+pupo&tipo_pesq=&tipo_pesq_new_value=false&tkn=0

      Ficarei feliz se adquirir um.

      Beijo grande

      Excluir
  3. Ah minha flor...que Deus te abençoe
    trilhoes e trilhoes de vezes.

    Muuuuito sucesso!


    F e l i z aqui!


    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Que boa notícia, Michele! É isso mesmo!!! Ânimo e força com o segundo bebê. E obrigada pela ótima notícia. Já sei que terá um feriado assim mesmo, nas nuvens.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karine

      Nem me fale. Fiquei extremamente feliz!

      Um beijo

      Excluir
  5. Sucesso para seu novo caminho...
    Um beijo
    Denise

    ResponderExcluir
  6. Menina talentosa, amei a notícia e torço para que tudo dê certo em sua vida. Parabéns, bjos.

    ResponderExcluir
  7. Mi

    Primeiro amei a composição do diálogo entre a Clarice e a Michele. Sua imaginação não tem limites.
    Quanto à novidade (que eu já desconfiava, não sei bem porquê rsrs), me deixou tão feliz que nem imagina.
    Você merece e promete minha querida. Do fundo do coração que venha o segundo e muitos mais. Minha tristeza é só saber quando vou conseguir adquirir aqui o primeiro. Bem que gostaria com autógrafo, mas mesmo sem ele eu quero é mesmo o livro. Beijinhos e muitosssssssss Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Duplamente feliz pelo comentário, Luar. Obrigado.
      Gosto da sua presença em meu blog, me transmite paz.
      Quanto ao primeiro livro, quero presenteá-la, mas estou aguardando a segunda edição.

      Um abraço

      Excluir
  8. Um sótão cheio de lembranças
    Escrevi no pó palavras sem nexo
    Retirei uma cartola de uma caixa de cartão
    E senti ao toque o poder da ilusão

    Ilusões…
    Um cavalo de pau perdido ao carrocel
    Uma estola de um bicho qualquer
    Uma escultura talhada a cisel

    Uma foto a preto e branco
    De uma mulher sem rosto
    Uma janela virada para nenhum lado
    Uma traquitana a imitar o sol-posto

    Terno abraço

    ResponderExcluir
  9. Muito feliz por vc! mto sucesso!!

    Bjão

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)