sexta-feira, 22 de junho de 2012

Da série #Michelisses: Diário de bordo

Mexendo nas minhas coisas, encontrei meu diário da viagem a Bolívia e ao Peru... Ri e me emocionei lembrando  dos momentos felizes que passei.
Resolvi transcrever alguns registros para matar a saudade e compartilhar com vocês.

Segue:


26/12/2011


Acabamos de sair do calor infernal de Santa Cruz de la Sierra. Fiquei mega feliz com o ar condicionado do trem, embora esteja odiando os DVS que estão tocando... (Até aqui, Michel Teló??!!). 
Estou há mais de 8 horas sem comer e resolvi comprar um espetinho em uma das estações. O pão vem dentro de um pacote transparente e a carne é picadinha... o aspecto é nojento, mas o cheiro é bom... seja o que Deus quiser. Vou comer. Custou uma fortuna e não posso desperdiçar... (10 bolivianos, algo como R$3,50... risos...)

Observação: Neste dia eu ainda não sabia como eram os açougues no país... Arghtttttt...

Foto: Michele Pupo- arquivo pessoal
Foto: Michele Pupo- arquivo pessoal











28/12/2011

Em dois dias de viagem, já conversei com pelo menos quinze pessoas de diferentes lugares do Brasil e do mundo. Estou adorando! Os hispanohablantes  me disseram que meu espanhol é muito bom e que tenho "tono". Fiquei mais faceira que balão em aniversário de criança.
Hoje conheci dois bolivianos. Um deles, muito simplesmente vestido, me contou ser cirurgião plástico e que disse que está fazendo uma especialização em São Paulo. Outro, muito brincalhão, me fez rir com piadas sobre o time do Corinthians. Achei o máximo!

Foto: Michele Pupo- arquivo pessoal


29/12/2011

Foto: Michele Pupo- arquivo pessoal
Pañuelos- bolinho com mel 
Hoje aprendi uma série de novas palavras e expressões. Descobri que embora os adultos bolivianos sejam um terror, as crianças são muito bonitas! Conheci a Camila, a criança mais fofinha que encontrei até agora.
Foto: Michele Pupo- arquivo pessoal
Camila


Estou impressionada com o valor comercial do dinheiro boliviano. 1 real equivale a 3,40 bolivianos. Pelo café da manhã pagamos 5 bolivianos. A diária do hotel saiu por 25. 








30/12/2012

Minha janta de hoje custou incríveis 15 bolivianos! Consistiu em sopa, arroz (sem tempero), batata frita, carne (aquela deliciosa) e salada (que não tive coragem de tocar).

Foto: Michele Pupo- arquivo pessoal
A aparência é boa, o gosto é que é duvidoso...



31/12/2011

Sigo fazendo amigos e tudo soa como um sonho fantástico! Passaremos o Reveillon na Isla del Sol (embora esteja chovendo e faça um frio de tremer o queixo...)
Quase morri para chegar aqui (estamos há mais de 4.000m de altitude). Minha mochila está com 14kg e chove para arrebentar. Ficaremos presos na Ilha até amanhã às 15 horas (sem chances de escapar, pois chegamos aqui - na entrada- de barco, e o outro só sairá neste horário). 

Foto: Michele Pupo- arquivo pessoal


video
Vídeo: Michele Pupo- arquivo pessoal





Conheci a Mariana, uma boliviana de 7 anos com os olhos mais meigos que já vi na vida. Senti pena dela... leva uma vida muito triste e sofrida...




Em La Paz, quando estávamos saindo da rodoviária, passamos por dois bolivianos. Como todos sabem, o pessoal desta terra não tem como principal atributo pernas longilíneas... Ao me verem, começaram a berrar:
- Que chica tan alta! Que chica tan alta! (Que menina alta!)


Acho que tive meus 15 minutos de fama, porque todo mundo me olhou e riu... kkkkkkkkkk

Foto: Michele Pupo- arquivo pessoal


Cansei... amanhã continuo transcrevendo mais algumas páginas para vocês.
Vale?

2 comentários:

  1. Vale! Adoreeei, Mi! Que delícia relembrar né?
    Vai ter diário pra viagem a Floripa tbm? hehehe

    Beijo, minha amiga. :)

    ResponderExcluir
  2. Eu queria isso tudo, menos a carne rsrsr!
    Beijo

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)