segunda-feira, 2 de abril de 2012

Pensamentos proibidos

Gosto destas noites doidas
de mãos correndo afoitas
e pensamento ecoando ligeiro.
Gosto quando rompe violento,
quanto toca-me ao relento,
quando deixa em mim teu cheiro.

2 comentários:

  1. Adorei ler o poema "na íntegra"!

    Desejo que sua semana seja iluminada!!
    Beijos!♥

    ResponderExcluir
  2. Mari

    Escrevi em dezembro e lembrei hoje. :)

    uM BEIJO

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)