sábado, 14 de abril de 2012

O Namorado

Não está fácil para ninguém. (Fato!) Muito menos para mim, mulher exigente e psicótica, que ainda espera encontrar no mundo um único homem educado, culto, engraçado e carinhoso...
Mas, como boa brasileira que sou, eu não desisto nunca.
Fiquei tempos matutando em que tipo de  lugar a categoria gentleman poderia estar escondida. 

Tentei a Igreja. Na última das hipóteses, pensei, eu sairia de lá com uma oração em haver com Deus. Não rolou. Os religiosos, em sua maioria, são muito paranoicos e cheios de preconceitos. Sufocantes! Escapei antes que um deles acabasse perdido de amores por mim e tentasse me converter na marra.

Faculdade!  Claro! Por que não havia pensado nisso antes?! E lá parti para minha segunda opção... Tentativa frustrada... a concorrência numa Instituição deste porte é desumana. Loiras, morenas, ruivas e "castanhas" com corpos e cabeças pensantes invejáveis desfilam pelos corredores seduzindo e conquistando os últimos exemplares aproveitáveis da raça masculina. Desisti.

Um tanto cansada e descrente, chego a conclusão de que homens deste naipe podem estar camuflados entre os baladeiros, afinal, todos os mortais tem direito ao lazer e à descontração, não é?
Engano!
Quanta frustração... lá só encontrei alcoólatras, idosos, "pegadores" e todo tipo de refugo que se possa imaginar.

Sem muitas alternativas, apelei para o supermercado. "Como é que é?!"-vocês devem estar se perguntando. E eu confirmo: exatamente. No corredor de congelados e no de comidas semi-prontas. Homem solteiro adora a praticidade destes alimentos- refleti. 
Confesso que cheguei a me animar quando, em um deles, avistei um deus grego que sorrindo me alcançou uma embalagem de lasanha pré-cozida que eu fingi não alcançar. 
A alegria durou pouco. Segundos depois apareceu uma magricela sussurrando "vamos querido" e me olhando intimidadoramente.

Durante meses frequentei Teatros, parques, academias, shoppings, cinemas, por pouco não fui a delegacias e hospitais  e nada... absolutamente nenhum homem com o perfil desejado!

Não é possível! Berrei mentalmente. Tem que haver alguém! 

E aí surgiu a  brilhante ideia de girino. 
Um site de relacionamentos na internet, oras. 

Coloquei uma foto com maquiagem, outra sem e uma de corpo todo no perfil. Descrevi que tipo de homem eu estou procurando. Falei do que gosto. Do que não gosto. De como sou. De como não sou. Do que quero e do que não quero.

Em dois dias, recebi 149 cantadas virtuais! Apareceu gaúcho, paulistano, carioca, paranaense, bahiano, catarinense... paraguaio, argentino, alemão e americano. Homens gordinhos, magrinhos, sarados e gostosões. Advogados, dentistas, engenheiros, empresários, administradores. Gente com e gente sem noção. Ruivos, loiros, morenos. Altos e baixos. Católico, espírita, evangélico e ateu.
Enfim, teve homem de toda raça, credo, cor e opção sexual.

Só não apareceu nenhum que tivesse fino trato e educação e estivesse disposto a ser um homem de verdade. 


E não me venham com esta história de que o amor pode estar ao meu lado e que quando menos eu esperar aparece alguém que eu mando vocês para o oitavo dos infernos com passagem só de ida!
Ou eu sou muito exigente ou este país virou um balaio de ogros!
Pow, gente! Estou "menos esperando" há um tempão!!!!!


24 comentários:

  1. Vou continuar rindo. rindo muito. muito mesmo.
    Estou as gargalhadas.
    Caraca! já estive em alguns lugares que vc mencionou. Tô rindo, rindo muito.
    Um beijo,.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo

      Vai rindo... a hora que eu encontrar, vou fazer questão de levar para vc conhecer! kkkkkkkkkkk

      Bjs

      Excluir
  2. Michele

    Você é demais , nunca mais te vou dizer que quando menos esperar ele aparece, antes que me mande sem passagem de volta do Inferno, mas vou dizer-te que não consigo parar de rir contigo! Aqui gargalhando e a pensar que você tem mesmo razão! Os homens assim estão em vias de extinção! ahahah Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luar

      Eu ri enquanto escrevia! kkkkkk
      Minha vida é uma tragi-comédia!

      :)

      rsrs

      Um beijo e bom sábado!

      Excluir
  3. Michele,

    Morri de ri lembrando das minhas procuras.
    Já passei por todos os lugares citados e não achei, já fiquei quieta no meu canto e nada, acho que não existem mais esses homens "perfeitos", não disponíveis.

    Um grande abraço!
    Camila Gomes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila

      Ufa! Então não é só eu! rsrs


      Beijos

      Excluir
  4. Mi...eu morri de rir de você, ri muitão...kkkkkkkkkkkk.

    Mas eu sei que o caso é grave, eu também estou querendo um homem, para mim, mas ele terá que atingir as minhas expectativas ou ultrapassa-lás...Rsrs*

    Eu também não acredito nessa "o amor pode estar aos seu lado".
    Se ele tivesse, já teria aparecido.

    bom final de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felicidade

      Né? Do meu lado só tem uns malas, incultos e desagradáveis! risos


      Beijos!

      Excluir
    2. Pior quando uma moça como você se casa com um ogro, eu fico puto da cara :S

      Excluir
    3. Rodrigo

      Verdade. Mas eu não farei isso. rsrs

      Excluir
  5. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Só você para me fazer rir de verdade nessa fase negra da minha vida. Obrigada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Mas você não disse nenhum absurdo, é exatamente assim.
    Mas não desista do plano, sempre achei e ainda acho que o lugar certo aumenta as chances de encontrar alguém que valha a pena e diminui bastante o risco de um aborrecimento futuro.
    Um beijo enorme!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda

      Dizem que o riso pode nos auxiliar a suportar qualquer coisa na vida. Eu acredito! rsrs
      Também creio que o impossível pode acontecer. :)
      Eu espero.

      Um beijo e boa semana

      Excluir
  6. Michele, amanhã, dia 15, é o seu grande dia. Que ele seja, seja não, vai ser, o começo de uma nova história em sua vida.
    Curta muito gata! curta bastante!
    Depois eu converso melhor com vc sobre o livro.
    Um beijo de felicidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo

      Tenho certeza que minha história começa a ganhar novos rumos! Obrigado pela força e carinho.

      Um beijo

      Excluir
  7. Michelle, amada, não desista, persista, um dia quando você menos esperar e no local mais louco desse mundo.. Ele aparecerá.
    E por enquanto , curta essa vida maravilhosa que você tem. P cosmo faz a sua parte.
    Bjos e belo domingo.
    Sheyla.

    ResponderExcluir
  8. "Exemplares aproveitáveis da raça masculina." gostei dessa, rsrsrs...
    Também acho bobagem essa de o amor pode
    estar do seu lado. Eu já o teria visto se ele estivesse.
    Bjs Mii...

    ResponderExcluir
  9. Essa procura toda é mal de poeta, acredito eu.

    Por mais realistas que sejamos (tem até poeta materialista), temos um pézinho no platonismo, idealizamos e idealizamos. Vivemos no "tempo errado", no "lugar errado", mas na verdade é puro charme/medo.

    Sinto que encontrei o amor de verdade, mas perdi o grande amor da minha vida ano passado e isso me deixa maluco. "O dominó que vesti era errado."

    Beijos, amiga, gosto da sua honestidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo

      Eu faço uma associação tão profunda com a metáfora que Lispector usou em Felicidade Clandestina... nós temos verdadeira fixação por algumas coisas, mas basta que elas estejam em nossas mãos para que as refutemos ou adiemos o contato.
      Já disse Galeano: a utopia serve para caminhar.
      Caminhemos, pois. Cheios de sonhos, de medos e idealizações.

      Um beijo

      Excluir
  10. Michele, kkk! Muito legal essa sua postagem. Gostei muito do modo como escreveu e descreveu.
    Você não é muito exigente não. Afinal o "artigo" que você procura é para conviver, partilhar, sorrir, chorar,..., a vida inteira. Só você tem o direito de escolher. Só podemos desejar que seja muito feliz.
    Beijos
    Manoel.

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)