sábado, 10 de março de 2012

Pensamentos imputáveis

I. Gozo
A palavra gozo nunca é inocente. 
Ela pressupõe um prazer extremo, a máxima satisfação, o enlevo, o cume, o topo. 
Usá-la descuidadamente, portanto, é afrontar o que há de mais belo no encontro das carnes e êxtase das almas.

2. Amar não é...

Amar não é repartir o último bombom, mas sim todas as faturas da energia elétrica. Aliás, onde não há luz, desconfio de que também não há amor.

3. Muro

Entre eu, você e o mundo
há um muro:
imundo e escuro. 

4. Segredos de amor

O que se faz na cama
a ninguém deve dizer
é segredo de quem ama
ninguém precisa saber.

Se toca ou se beija
se apalpa ou morde
se finge ou deseja
se faz o que não pode

Se invade ou lambe
a vulva, indecente
se rompe ou envolve
fode sutilmente

Se entre quatro paredes
de costas te descobrem
se pelo chão, ou em redes
sons obscenos explodem

Não revele segredos
em gritos desvairados
na surdina mantenha
 o sexo sagrado.
Textos de minha autoria publicados originalmente no blog:  http://osimputaveis.blogspot.com/

8 comentários:

  1. Querida amiga

    O que se vive,
    ao lado do outro,
    deve ser guardado
    no coração,
    como o nosso
    mais precioso segredo.

    Desejo que a alegria
    faça folia em sua vida.

    ResponderExcluir
  2. "Aliás, onde não há luz, desconfio de que também não há amor."

    Em uma vida dura acho que é isso a unica coisa que se tem.

    ResponderExcluir
  3. Aluisio


    obrigado pela mensagem.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  4. Cristiano

    A luz a que me refiro é o encantamento, a magia, a atração... :)

    Um beijo

    ResponderExcluir
  5. A magia do momento de amor somente a nós pertence.
    Temos tão poucos momentos felizes em nossas vidas esse momento magico é sagrado na vida de quem ama de verdade.
    Parabéns pelo poema amiga.
    Beijos meus.
    Lindo Domingo.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  6. Michele, muito seriamente falando, o Segredos de Amor é muito bem escrito e bastante real. Mostra muito bem a importância e o sagrado do sexo sem dar margem às vulgaridades comuns do dia a dia. Quem quiser entender que entenda!
    Parabéns pela inspiração.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  7. Olá. Conheci o blog hoje e gostei muito...Pois é amor é vida, amor é repartir do primeiro ao ultimo pedaço. Seguindo e convidando a conhecer e se gostar seguir o meu tbm. Bjo, Deus abençoe.

    http://soentrenosmulheres.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá Rosa


    Obrigado pela visita e comentário.
    Um abraço

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)