sexta-feira, 16 de março de 2012

Cinderela às avessas

Quando você ligou, eu juro que pensei: "vamos tentar mais uma vez". Mas eu sei, que nesta história, eu devo andar em outra direção. 
Nosso conto de fadas, desde o início, caminha ao contrário. Um príncipe no cavalo branco atrás da Gata Borralheira que nunca abandona suas maltrapilhagens
Não adianta insistir, meu querido. Este sapatinho não lhe serve. 

6 comentários:


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)