terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Medo e adrenalina

Quando fui convidada para fazer mochilão, não fazia ideia do quão perigosa a minha viagem poderia ser... Devo confessar que o E. me contou muitas coisas, mas jamais pensei que sentiria medo.
A primeira sensação de desconforto aconteceu a caminho do Machu Picchu. 
Em Cusco, no Peru, pagamos um pacote turístico que garantiria nossa entrada no Parque, o transporte até Águas Calientes e o hotel. Não sabíamos que DESESPERO estava incluso no pacote... Quando nos demos conta da roubada, já era tarde... Só depois de enfrentar um motorista maluco, uma estrada medonha, uma chuva amedrontadora e saber da história do caminho fomos perceber o quão felizes somos por ainda estarmos vivos...
Reza a história que  já morreram no lugar milhares de pessoas...
Entenda porque:
  • A maior parte da estrada possui uma largura de apenas 3,2 metros ( e passam por ali, dois caminhões ao mesmo tempo!!!)
  • Não há barras de contenção
  • Olhando pela janela dos veículos, tudo o que se vê é o abismo...
  • O clima não ajuda: chuva, neblina e visibilidade precária

Como se não bastasse, nosso condutor parecia ignorar todos estes dados e por várias vezes, quase se chocou com outros carros, caminhões e ônibus!
Como eu era uma das únicas falantes de espanhol do grupo, meus amigos imploravam, desesperados, para que eu pedisse ao motorista mais cautela.
Cada vez que isso acontecia, ele aumentava o volume do rádio, nos deixando ainda mais desesperados! 
As cruzes pregadas ao largo da estrada indicando as pessoas que ali morreram também não são nada consoladoras...
Graças a Deus nada nos aconteceu, mas, como garantia, o retorno fizemos de trem!!!!


Estive no trem da Morte... mas continuo VIVA!!! \O/

Nota: Não confunda o CAMINO DE LA MUERTE com o trajeto que narrei aqui. Passei por ele também, em LA PAZ, contudo, a história que contei se refere a rota que leva até ÁGUAS CALIENTES, no Peru.

4 comentários:

  1. Mazááááá que eu ia curtir dar um rolé nesse Ferrorama... hehehehe! Arrasou, queridona! Bjz mil! Ai se eu te pego... hahahahahahaha!

    ResponderExcluir
  2. Menina do céu!! Graças a Deus mesmo!! Que loucura!!

    ResponderExcluir
  3. Fred

    Você ia adorar, moleque!!!
    E eu gravei o "nossa, nossa, assim você me mata" boliviano... kkkkkkk

    Beijosssssssssss lindão

    ResponderExcluir
  4. Naty

    Foi desesperador, mas no fim deu tudo certo!!!

    :)

    Bjs

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)