quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Estranha calmaria

Desta vez, não vou chorar. Aprendi a não colecionar frustrações. 
A vida é assim: às vezes está para nós, em outras para o mundo. O que se há de fazer? Descabelar-se, perder-se, lamentar-se? 
Não! 
Eu fico com a paz de espírito e a certeza de que só o que tem que ser, é. 
Sigo meu caminho. A direção da minha vida eu conheço com maestria... A outra? Bem... a outra... eu aprendo!



4 comentários:

  1. Sábias palavras. Coisa de mulher madura.
    Te admiro, Mi!

    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Passando pra avisar que tem promoção no meu blog. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Seguir o nosso caminho é uma das decisões mais sabias que podemos tomar! Beijos, lindona!

    ResponderExcluir
  4. É verdade, com o tempo vamos aprendendo e levando a vida =/

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)