quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Aún late mi corazón

Por Michele P.

Aún es un fantasma en mi corazón.
Hasta cuando habrá lágrimas en mis ojos?
Hasta cuando latirá mi pecho y pulsarán mis venas por ti?
No puedo seguir.
Me riendo a la tristeza y a las heridas.
Las murallas ya no me pueden proteger.
No puedo escuchar tu nombre sin que temblen mis manos.
Ya no canto. Ya no río.
Ya no hay sol, ni vida.
Aún te quiero.


Tradução:

Ainda bate meu coração

Ainda é um fantasma em meu coração.
Até quando haverá lágrimas em meus olhos?
Até quando pulsará meu peito e minhas veias?
Não posso continuar...
Rendo-me à tristeza e às feridas.
As muralhas já não podem me proteger.
Não posso escutar seu nome sem que tremam minhas mãos.
Já não canto, já não sorrio.
Já não há sol, nem vida.
Ainda te amo.


12 comentários:

  1. Paulo

    Não sei.
    Qual a sua opinião?

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. O amor, algumas vezes, faz com que fiquemos distantes de nós. Eu acredito que você mereça um amor maior.
    Um beijo
    Denise

    ResponderExcluir
  3. Puxa! Achei tão lindo, tão certeiro o que a Denise disse acima que nem preciso abrir a boca...

    Força na peruca...rs

    Beijao

    ResponderExcluir
  4. Margoh

    Já estava deitada. Levantei escrever. :)

    Um abraço

    ResponderExcluir
  5. Amor inacabado ou não correspondido é uma grande merda, sorte para ti =**

    ResponderExcluir
  6. Lara

    Amor é um dos sentimentos mais complexos (e ao mesmo tempo, simples)
    que existe. :)

    Um beijo

    ResponderExcluir
  7. A eterna inspiração da Pê. Tu não cansa não? rs
    bjs!

    ResponderExcluir
  8. Eraldo

    A inspiração exige 99% de trabalho. :)

    Um beijo

    ResponderExcluir
  9. Rick

    Eu também, o quê, cabeção? rsrs

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)