quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Tenho quatro vidas

1. A que eu penso que levo.
2. A que os outros pensam que eu levo.
3. A que minha mãe pensa que eu levo.
4. E a que eu realmente levo.

"Tô" me sentindo uma (meia) gata.



Baseado no texto "Que monstro eu sou" da amiga Lara.

8 comentários:

  1. Olá Michele

    Adorei encontrar vc aqui na blogolândia. Sou Kinha do blog AMIGA DA MODA e vim conhecer seu espaço. Gostei e já estou te seguindo. Vou aguardar a sua visita e ficarei feliz se me seguir também.

    Bjooooooooooooo......................
    www.amigadamoda1.com

    ResponderExcluir
  2. HAHAHAHAHAHAHAAHAH
    Obrigada por tirar um riso meu, se era a intenção, funcionou!!
    Melhor parte é a vida que a galera acha que eu levo ¬¬

    ResponderExcluir
  3. Olá KINHA

    Obrigada pela visita e palavras. Visita-l-a-hei. :)


    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Kinha

    Acho que todo mundo leva vidas parecida com a minha, né? rs


    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Lara

    Penso que você quis dizer mais ou menos isso, né? rs

    Que bom que riu!
    :)

    Bjão

    ResponderExcluir
  6. E, na prática, tem uma quinta vida, que é o mix destas 4 listadas, que é A sua vida, afinal (auqel que dá margem às quatro que você e todos pensam, enxergam e vive)

    Esse "to me sentindo meio gata" lembrou uma música da banda Pato Fu, em que a Fernanda Takai canta (em Prato do Dia):
    "Tô me sentindo meio janta, hoje.
    Tô me sentindo meio arroz-com-feijão."

    ResponderExcluir
  7. Andre

    Adorei a complementação! É justa. rsrs


    Um abraço

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)