quarta-feira, 13 de junho de 2012

Cartas: fragmentos de felicidade


Estou com saudades das nossas cartas! Vamos retomar a brincadeira? :)

Estes são alguns dos trechos que me encheram de felicidade ano passado!

Mira, Sintra- 12/09/2011

Querida Michele

Desejo muito que esta minha carta a vá encontrar bem de saúde e alegre e sorridente como me parece ser o seu estado natural. Como poderá imaginar, a chegada da sua carta provocou em mim imensa alegria.
(...) Fiquei tão contente! Fui-me  sentar num banco debaixo de um plátano, perto de um lago aqui perto, no parque urbano. Foi ali que li sua carta. Foi um momento muito emocionante!
(...) Quero-lhe muito bem e desejo ardentemente que seja muito feliz e abençoada por Deus. Já vi que aprecia a vida, que gosta de viver! Que bom!
(...) Até qualquer dia destes, boa amiga.
Receba um abraço carinhoso,
Viviana
Portugal

________________________ xx________________________

Samambaia, 21/08/2011

Querida Michele

Fiquei muito feliz ao receber sua carta!
(...) Gostaria de dizer que a descoberta dos seus textos, para mim, foi uma grata surpresa! Admiro sua criatividade e espontaneidade na escrita, a maneira com a qual consegue nos contagiar.
(...) Também queria dizer que a imagem que faço da Michele é a de uma pessoa extremamente alegre, forte, inteligente e com uma vontade enorme de viver.
(...) Um abraço enorme e que a paz de Cristo esteja sempre contigo.
Carinhosamente, 
Inaí
Brasília- Brasil

_________________________xx ______________________

Rio de Janeiro, 30/08/2011

Olá Michele

(...) Gostaria de agradecer pela sua linda carta e pelo amuleto. Ele já está devidamente e estrategicamente fixado no meu quarto. Quem sabe suas boas energias e seus devaneios não passem um pouco para mim?
(...) Ninguém me tira da cabeça a ideia de que você analisará a nossa personalidade pelas nossas letras... risos
(...)
Um grande beijo
Raquel
_______________________xxx_________________

Ponta Grossa,  14/09/2011

Olá Michele
(...) Estou mandando esta poesia porque ilustra um pouco minha situação com suas deliciosas cartas. É só um esboço, mas é um presente para você, esta grande amiga que admiro muito!
(...)
Câmbio, desligo. Abraços e beijos.
Guilherme

_____________________xxx_______________

São José, 13/08/2011

Mi

(...) Muito obrigado pelas coisas surreais que você já fez por mim! Estarei, mesmo distante, torcendo sempre por tua felicidade.
(...) Você é rara, tem luz e é muito especial. Que bom que faz parte da minha vida!
(...)
Três enormes beijos para você.
Maria Eduarda
João
Mirella

___________________xx_____________

São Paulo, 12/08/2011

Michele

Recebi! Não é que recebi?! E mesmo esperando, mesmo sabendo, fiquei surpreso e contente.
Teus textos são encantadores, muitas vezes inspiradores. Eu sou apenas uma palavra perto dos seus versos.
(...) Uma coisa antes de me despedir: seus devaneios não me cansam! 
Espero cultivar, além desta sadia brincadeira, uma amizade verdadeira.
Beijos,
Dan.

______________-xx________________

 REPUBLICADO.



10 comentários:

  1. Amei isso, Mi...
    Você merece todo esse carinho. E mais, até!

    Mil beijos

    :)

    ResponderExcluir
  2. Que legal! Eu queria ter participado! Adorava escrever cartas... Lembro da minha época de Pottermaníaca quando nós trocavámos cartas entre a galera da comunidade "travessa do tranco". Tenho até hoje uma caixa cheia daquelas cartas, que saudade!

    Beijos e fica com Deus!

    ResponderExcluir
  3. Que lindo post Michele. Qtas palavras de carinho nas cartas. Esse é o espírito da "brincadeira".

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Mirella

    Não mereço,mas agradeço. :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Maria Inês

    Ainda dá tempo! É só mandar o endereço para meu e-mail. :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Átila

    Oba! Oba!
    Morro de curiosidade de conhecer tua letra!
    :)

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Ok. Só pra constar, e por curiosidade de quem queria, plátano é banana, pé de bananeira.

    ResponderExcluir
  8. Andre

    Vem do espanhol.
    Esta eu sabia. :)
    Um abraço

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)