segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Para que servem os sonhos?

Servem para que não nos esqueçamos de que a vida é bela e de que a esperança é a melhor coisa que existe.
Servem para que não percamos a fé na humanidade, para que tenhamos coragem de enfrentar nossos medos, para que tenhamos uma motivação.

Sabe quando jogamos um osso ou uma bola de borracha para que o nosso cachorro corra até ele e nos traga de volta? Pois bem, é exatamente o que acontece com a nossa busca incessante, com nossos anseios e sonhos! 
O osso é a suposta felicidade (o carro que queremos,o trabalho, o amor, a viagem, etc) e nós somos o cão. Nós corremos, corremos e com empenho, alcançamos o osso. Mas aí, quando isso acontece, voltamos ao ponto de partida para que alguém (Deus? Uma força interior?) lance outro e mais outro...
Portanto, os sonhos são combustíveis da vida.
Quem não os tem, se torna oco, vazio.


Sonhemos, meus caros! Sonhemos!
E sonhemos grande, porque quem sonha mixaria,
não merece alegria! rsrs

Um comentário:


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)