sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Estas que por aí vão...

Em dias de chuva,
cobertor e chocolate
penso nestas mulheres,
pobres, a viver de mascate.
Nas vielas e esquinas,
vendem a alma e o corpo
e se ocupam destes afazeres...
Vendem tanto, por tão pouco!
A preço de banana, os prazeres:
à gordos, sujos ou loucos!
Pobres mulheres! 
Desgraçados "sofreres"!
Elas vão e seguem
por becos e vielas.
Que mal há em que pequem,
quando não há ninguém por elas?

Origem da Imagem: AQUI

8 comentários:

  1. Mirella

    Eu deixo, mas tenho pena...

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. rs rs rs gostei do comentário da Mirella.
    Michele, tenha pena não...
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  3. Paulo

    Tenho sim, a maioria está lá porque a vida assim as guiou... são mulheres sem perspectivas. Acho triste...

    Beijos ^^

    ResponderExcluir
  4. Concordo com vc Michele.
    Sem julgamentos...cada uma tem sua história e seus motivos. Mas é triste.

    Bjos e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  5. Concordo contigo Michele.Cada um que sabe sua necessidade,suas fraquezas,criação...VIDA infeliz!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Vanessa

    Na maioria dos casos, estão lá porque não tiveram outro caminho.
    Prefiro não julgar.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  7. Natália

    Sim... cada cabeça, uma história.
    Sem julgamentos... :)

    Beijos

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)