quinta-feira, 9 de junho de 2011

Rebolation

Você passa uma semana feliz. Coisas boas acontecem. Você ri, o trabalho vai bem, a vida caminha, obrigado!
E aí, quando você acha que tudo está nos conformes, "chuchu beleza", acontece algo que te coloca para baixo..
O que fazer?
Bem... O negócio é girar, inverter e encaixar.  
Dar a ré e começar de novo.
Entendeu?
Não???????????????
...Nem eu! 




8 comentários:

  1. Michele P!!!! Saudades demais!! To correndo muito, muito...perdoe pela ausência, sei que estou em falta com este espaço delicioso e com vc!!! Quando as coisas viram de ponta cabeça ou nos forçam a parar e desacelerar...pode ser por: ou pq sempre estamos em crescimento contínuo...evoluindo...por isso nem temos tempo de sermos felizes com o momento de paz e/u conquista...ou ainda, pq Deus nos acha tão capazes que nos vê bem e logo manda outra liçao de casa já que estamos tendo um ótio desempenho!!! Ou os dois...? Sei que é assim....quase nunca há tempo de respirar aliviado...mas sempre é tempo de continuar e sermos felizes, né? Beijo no coração...suadades demais!!

    ResponderExcluir
  2. Minha querida, essa é a melhor forma de encarar os percaços: temos que parar de reclamar e nos encaixar, andar pra frente mesmo!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Reinventar-se a cada dia.

    Michele, o Soltando Linhas completa o seu primeiro ano. Obrigada por estares presente, enfeitando o meu espaço com a suavidade das tuas palavras.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. hehehe
    levanta, saco de a poeira, dá a volta por cima!
    bjus

    ResponderExcluir
  5. Oi Clau! Vc sumiu mesmo! Mas sei (pelos posts) que está bem, vivendo e aproveitando o dom da vida. Ela é assim mesmo: "esquenta e esfria, aperta e afrouxa...".
    Um bom final de semana!

    Um abração!

    ResponderExcluir
  6. Pérola

    Passei na sua casa comemorar este primeiro aniversário.
    Que venham muitos outros!

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Carol
    Uma pitada de humor sempre ajuda! ;)

    Bjs

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)