domingo, 8 de maio de 2011

Instante

É possível atribuir nome a sentimentos? Como se chama a sensação de ser tomada de súbito por pensamentos que contradizem os sentimentos?
Como explicar a sensação de querer capturar a palavra no instante em que é dita e não deixá-la escapar por entre os ouvidos? Qual o nome que se dá ao desejo de cristalizar um momento?
O momento, aquele átomo de tempo, em que o sorriso aflora no rosto, o coração parece escapulir do peito, o corpo entrega-se ao deleite de sentir, apenas sentir.
O instante em que inerte, o corpo bloqueia a razão. A unidade mínima de tempo em que não se deseja compreender a significação, que não se espera entender os motivos.
A unica coisa que ouve-se é a respiração apertada e um vibrar ritmado nas cordas do coração.
A realidade, aquilo que é feito do que é palpável, foge e fica-se apenas com a sensação sonâmbula e sonhadora que impede o pensar, o refletir...
Refiro-me a este momento que queremos transformar em eternidade, limitá-lo a um "para sempre". Mas, este emaranhado de sensações dura o tempo em que o arrepio percorre a espinha. Custa-nos a crer em finais felizes. Aliás, custa-nos a acreditar em finais.
É como se durante muito tempo, desejássemos e namorássemos com os olhos reluzentes possuir algo que estava  em uma vitrine e, um belo dia, alguém nos presenteasse com o objeto almejado...
A vontade de ter, de apossar-se era tão avassaladora que ao recebê-lo nas mãos, você não sabe bem o que fazer com ele... Quer-se guardar, embrulhar para não riscar, quer-se proteger, esconder dos outros. Deseja-se envolver em papel celofane e escondê-lo em uma gaveta com sete chaves para assegurar que ninguém irá tirá-lo de você.
É a isso que chamam de amor? A vontade de possuir o outro e de eternizar o que se sente? 

6 comentários:

  1. Que bom, você está amando!
    Isto é tão bom... sensações novas, outras antigas... nuvens, sorriso de canto e sonhos e muitos sonhos de olhos abertos.
    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Paulo!

    Boa e iluminada semana para você!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Pára de falar de nossa relação assim no teu blog, flor. O povo não pode saber .;)

    Bjs no Pê!

    ResponderExcluir
  4. Eraldo, peloamordeDeus, menino! Vc me coloca em cada situação! kkkkk

    Boa semana,
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Ahá!!!!!!
    Então o seu amor é o Eraldo?
    Sempre desconfiei dele!
    Kkkkkkkkkkkkkk...

    ResponderExcluir
  6. Rick

    De acordo com o Eraldo, eu sou "a melhor amiga que ele não conhece", além claro, de sua cópia na versão feminina. Isso não é amor. É reflexo. rrsrs

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)