domingo, 13 de março de 2011

Existencialismo


Hoje não peçam para falar sobre futilidades. Não quero escrever sobre isso.
Hoje eu quero falar de alma, de amor, de coração. Quero dizer o que sei sobre flores, sobre céu e sobre mar. Quero dizer o que aprendi. 
E há tanto para ser dito!
É incrível como a maioria das pessoas apenas passa pela vida...  E há tanta vida para ser vivida. Há tanto sentimento para ser sentido...
Não... hoje não...
Não me deixem aqui sozinha.

"Eu escrevo como se fosse para salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida."
(Clarice Lispector)


4 comentários:

  1. Se tem uma coisa que é SUPER certa, Michele, é que a gente deve viver cada dia intensamente. Mesmo, como se fosse o último(ou o primeiro). Tudo que agente fizer, a gente tem que fazer bem-feito. Se a gente quiser viver, e viver pra valer, tem que fazer isso. Não há outra alternativa que não seja caprichar em tudo que fazemos, a cada dia que vivemos.

    ResponderExcluir
  2. Então vc não está só! Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Carol

    "Viver e não ter vergonha de ser feliz"

    Sempre, sempre!

    Um abraço

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)