quinta-feira, 24 de março de 2011

E as palavras do dia são...

Tristeza, desorientação, melancolia, solidão.

Michele

"Inútil você resistir 
ou mesmo suicidar-se. 
Não se mate, oh não se mate, 
reserve-se toda para 
as bodas que ninguém sabe 
quando virão, 
se é que virão. 
Entretanto você caminha
melancólica e vertical.
Você é a palmeira, você é o grito
que ninguém ouviu no teatro
e as luzes todas se apagam.
O amor no escuro, não, no claro,
é sempre triste, Michele,
mas não diga nada a ninguém,
ninguem sabe nem saberá. "

O texto é do Drummond. Mas serviu para mim.

7 comentários:

  1. Perfeito esse texto do Drummond....


    Beijo flor. bom restinho de semana

    ResponderExcluir
  2. Inútil a morte, mesmo em Marte,
    acredite na sorte, para que matar-te?
    O amor no claro, às claras, recomeça
    no escuro, é claro...

    ResponderExcluir
  3. Gostei! Pena qua a letra é mínima e YO sem óculos rsrsrsrsr
    Boa tarde, Michele.

    ResponderExcluir


  4. Adoro Drummond.

    Beijos! Fiquei feliz com a sua visita.

    ResponderExcluir
  5. Helcio

    Gostei do complemento. Poderíamos acrescentá-lo ao poema, sem prejuízo de sentido.
    Obrigado!

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. RETIFICANDO: Adoro o texto do Drummond.
    Michele, a ordem do dia tem que ser:
    NADA de Tristeza, ORIENTAÇÃO, NADA de melancolia, XÔ! solidão!!!!!
    Um beijo.

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)