sábado, 22 de maio de 2010

TO KILL TWO BIRDS WITH ONE STONE.

Ontem, enquanto zapeava pela net, deparei-me com uma notícia sobre Paulo Coelho.
Não sei ao certo por qual motivo, mas eu, que explicítamente nego-me a ler, ouvir ou ver qualquer coisa que refira-se à este Rabbit (cujo único e primordial objetivo na vida é/era "ser lido pelo mundo inteiro"), flagrei-me perplexa diante de uma reportagem sobre o "mago".
Deixo claro aqui, que minha birra com este indivíduo não deve-se apenas ao fato dele querer ser um autor de sucesso. Longe disso. Mas pela arrogância e narcisismo que ele transpassa.
Achei o cúmulo a resposta que ele deu a uma jornalista, quando indagado se não havia sido convidado para participar da X Bienal do Livro. Insolente, o Conejo respondeu: "Claro que fui convidado. Gostaria muito de participar, mas a Bienal coincidiu com uma viagem marcada anteriormente, onde participo como jurado do Russell Tribunal of Human Rights."
O "claro que fui convidado" me soou arrogante demais. Dá a impressão de que o ser considera-se um deus da literatura.
Mas enfim... Deixemos a minha implicância pessoal e passemos a notícia que deu origem a este post: nela, o autor gabava-se de ser um dos primeiros escritores a facilitar a pirataria de seus livros, lançando ao "mar dará" (digo, internet), suas sábias palavras para que seus leitores deliciem-se.
Sou a favor da democratização da cultura, considero de suma importância que todas as pessoas tenham acesso ao saber, mas convenhamos! Não sei qual o objetivo de tão "generoso" ato por parte de nosso Mago...
Não creio que o interesse dele seja fomentar o hábito de ler...
Há muito sabemos que o propósito do autor tem muito mais caráter mercantilista do que literário...
Confesso que ao ler a reportagem, passou-me pela cabeça milhões de teorias e imagens(todas infundadas, mas eu tenho licença poética...rsrs) nas quais eu ouvia o riso sarcástico do querido Coelho, gozozo com o fato de ter enfim realizado o sonho de colocar ao alcance de todos suas maravilhosas obras primas (que com certeza ele deve achar que tem mais de uma...rs)

É uma pena (huahuahuahua) que EU, uma SIMPLES MORTAL,tenha o poder de frustrar a maior aspiração do imperecível Paulo Coelho.

I´m sorry!!!

Um comentário:

  1. E pensar que esse cara fez parceria com um cara como Raul Seixas...

    De fato, ele contribui para o hábito da leitura da juventude. Contribui também para grande parte da imbecilidade que faz parte dela - ainda que existam muitos jovens que não são imbecis, diga-se.

    Bjs que adoram protestos como este!

    ResponderExcluir


"Se você me lê será por conta própria e autorrisco." (Clarice Lispector)